Coordenadoria da Juventude de Volta Redonda promove Trote Solidário para ampliar doação de sangue

‘Universitário Sangue Bom’ vai acontecer até a próxima sexta-feira, dia 12

A coordenadoria da Juventude de Volta Redonda promoveu nesta quarta-feira, dia 10, mais uma edição do projeto ‘Universitário Sangue Bom’. Cerca de 30 alunos de vários cursos da Universidade Federal Fluminense (UFF) participaram da ação, fazendo a doação de sangue para o Hemonúcleo da cidade. As doações serão realizadas até a próxima sexta-feira, dia 12.

De acordo com o coordenador da Juventude, Luciano Campos, a parceria começou com alguns coletivos universitários que já faziam ações solidárias. “É uma oportunidade de ajudar o próximo e ainda formar a consciência social dos jovens. Nossas ações e projetos de política pública para a juventude, vem trazendo esse sentido de colocar os jovens na elaboração e construção de uma sociedade melhor”, contou Luciano.

Cristina Guimarães, coordenadora do Banco de Sangue de Volta Redonda, explicou que a demanda por transfusão de qualquer componente de sangue é cada vez mais crescente. “Não existe época que precise menos da doação. Nós atendemos oito instituições públicas na região com o nosso estoque. Todos os tipos sanguíneos são importantes e muito bem-vindos. Então é muito importante ações que conscientizem as pessoas quanto a necessidade da doação de sangue”, disse.

A aluna do 9º período do curso de direito, Letícia Moreira, de 22 anos, contou que é a sua primeira vez como doadora. “Eu sempre tive vontade de ser doadora, mas nunca tomava a iniciativa. Quando eu fiquei sabendo que esse grupo da faculdade vinha doar, eu aproveitei. Eu estou me sentindo muito bem em estar aqui. É a forma que tenho para ajudar a salvar vidas”, comentou a estudante.

“Eu faço parte de um projeto social da UFF e todo ano a gente participa dessa iniciativa junto com a prefeitura. É uma ação que consideramos muito importante, então sempre mobilizamos os calouros. É muito prazeroso para mim”, afirmou Giovana Brasileiro, também de 22 anos, que está doando sangue pela terceira vez.

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, complementou pedindo a conscientização da população e fazendo um convite para que todos que puderem, possam ajudar. “A doação de sangue precisa se tornar hábito entre a população. É rápido e indolor. É importante ressaltar que os homens podem doar no máximo quatro vezes durante o ano e as mulheres três vezes nesse mesmo período. Já para pessoas com mais de 60 anos, o intervalo mínimo entre as doações é de seis meses”, finalizou Samuca.

DICAS PARA DOAR SANGUE – Sentir-se bem, com saúde; apresentar documento com foto – em caso de menor de idade é necessária autorização do responsável, que pode ser adquirida no próprio hemonúcleo e apresentar documento original da pessoa que assinou o documento; ter entre 16 e 69 anos com peso acima de 50 quilos.

No dia da doação é importante não estar em jejum; fazer repouso mínimo de seis horas na noite anterior à doação; não ingerir bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação; evitar fumar por pelo menos duas horas antes e depois da doação; e evitar ingestão de alimentos gordurosos.

O Banco de Sangue fica no Hospital São João Batista e funciona de segunda à sexta-feira, das 7 às 13h.