PSE chega à Escola Municipal Francisco Tavares Rezende, na zona rural

Programa Saúde na Escola vai orientar familiares e alunos sobre importância da vacinação, saúde bucal e combate à dengue

A Prefeitura de Resende, através do Programa Saúde na Escola (PSE), vai beneficiar mais uma unidade nesta sexta-feira, dia 12. Dessa vez, o programa chega à Zona Rural, na Escola Municipal Francisco Tavares Rezende, no Sertãozinho, para familiares e os 25 alunos matriculados do pré-escolar ao 5º ano. Essa será mais uma da série de ações previstas no calendário anual do programa, que abrange todo o município, desde a zona urbana até a zona rural.
De acordo com a coordenadora do Programa, Daniela de Fátima Silva Theodoro, além da presença de todos os alunos, é muito importante também que os responsáveis compareçam. Dois dos principais pontos levantados durante a passagem, através de palestras, serão sobre os cuidados que devem ser tomados pela Saúde Bucal das crianças e sobre a importância do cumprimento do calendário de vacinação.
Outra importante parceria firmada pelo PSE é com o Centro de Controle de Zoonoses. Graças a essa parceria, o CCZ enviará profissionais para a unidade com o objetivo de levar informações sobre os riscos de contrair a Dengue e sobre o combate a proliferação dos mosquitos no cotidiano das famílias. Uma atividade será desenvolvida para que os alunos possam ver e aprender sobre os estágios iniciais do mosquito Aedes aegypti.
Após promover as palestras, a equipe do Programa responsável pela Saúde Bucal fará um levantamento das necessidades dos alunos através de uma breve consulta. De acordo com a coordenadora, o atendimento odontológico terá continuidade no próximo mês, com a volta dos profissionais no consultório móvel da Prefeitura. A equipe que comparecerá nesta sexta-feira será composta por um dentista da Clínica da Família, um auxiliar e um técnico da Saúde Bucal.
– O PSE atenderá mais uma vez uma unidade da Zona Rural, que geralmente possui famílias com acesso dificultado ao centro urbano e aos recursos. Nesse caso, o atendimento vai até eles. Após o levantamento epidemiológico da equipe da Saúde Bucal, serão constatadas todas as necessidades entre os alunos para que o tratamento seja completado no próximo mês – explica a coordenadora.
Em Resende, o PSE é vinculado à Atenção Básica de Saúde (SMS).  O Programa atua paralelamente às atividades escolares, identificando eventuais necessidades como problemas de audição, obesidade e hipertensão arterial. Além disso, trata de problemas que costumam estar em estágio inicial na idade escolar, como consumo de drogas e bebidas alcoólicas.