Eduardo Dussek se apresenta em Resende

Show acontece dia 29 de novembro no Teatro Salesiano

No próximo dia 29 de novembro, o público de Resende e cidades vizinhas poderá reencontrar um dos grandes nomes do pop-rock nacional dos anos 80. É que nesta data o cantor e compositor Eduardo Dussek fará uma única apresentação na cidade, às 20h, no Teatro Salesiano. Os ingressos já estão disponíveis para venda antecipada no restaurante Parada do Milho, por R$40,00 (meia entrada para todos).

Dussek começou a carreira artística como pianista de peças de teatro aos quinze anos, quando estudava na Escola Nacional de Música. Mais tarde passou a compor suas próprias canções e montou uma banda, que acabou apadrinhada por Gilberto Gil.

A partir de 1978 já tinha algumas composições gravadas por nomes de peso da MPB, como As Frenéticas (o samba “Vesúvio”), Ney Matogrosso (o fox “Seu tipo”) e Maria Alcina (o frevo “Folia no Matagal”, dois anos depois regravada por Ney Matogrosso) – todas em parceria com Luís Carlos Góis.

Suas composições buscavam aliar sátira e bom humor. Em 1980, participou do festival MPB Shell da Rede Globo cantando apenas de cueca a debochada canção “Nostradamus”, que não se classificou mas ficou conhecida pelo público. Por essa época gravou o primeiro LP, “Olhar Brasileiro”. Mas o sucesso viria em 1982, quando flertou com o ainda incipiente pop-rock, no LP recheado de sucessos como “Cantando no Banheiro”, “Barrados no Baile” (com Luiz Carlos Góes), “Cabelos Negros” (Com Luiz Antonio de Cássio) e “Rock da Cachorra” (Léo Jaime).

Dois anos depois, notabilizou-se com o LP “Brega-chique”, cuja faixa-título, mais conhecida como “Doméstica”, fazia uma sátira social, bem no clima do teatro besteirol da época. Com o grande sucesso foi uma das atrações do primeiro Rock in Rio em 1985. Em 1986, lançou “Dusek na sua”, com “Aventura” e com “Eu Velejava em Você”, uma das mais tocantes músicas da MPB, depois regravada por Zizi Possi.

Em 1989, voltou à cena com o musical “Loja de Horrores”, em que atuava no papel de um dentista sádico. Nos anos 90, afastado da função de cantor, interpretou o Capitão-Mor Gonçalo na novela  ‘Xica da Silva’, da extinta Rede Manchete. Atuou como diretor de espetáculos e, no fim da década, voltou a apresentar alguns trabalhos como humorista e cantor, um deles sobre Carmen Miranda.

Eduardo Dussek é um artista multifacetado. Além de cantor e compositor, ele carrega um forte lado teatral (trabalha também como ator e compositor para teatro). Isso faz com que seus shows sejam muito engraçados, com outros focos além da música. Isso  resulta em um roteiro que não fica limitado apenas à exposição de uma seqüência de músicas de sua autoria ou com outros parceiros. Ele brinca, conversa com a platéia, conta fatos ligados às canções, à atualidade,tudo com um humor inteligente e um tipo particular de deboche refinado.

O espectador vai se inteirando dos temas ao clima de cada canção e acaba por se envolver, com muito humor, no motivo do evento, nos fatos, filosofias e personagens; e o melhor é que Dussek faz isso com inteligência, com bom gosto e elegância, levando todos às gargalhadas, divertindo e aproximando a platéia.

Nesse clima intimista, porem muito feérico, sempre ao piano  o cantor faz um show que mescla músicas suas bem conhecidas do público, com novas canções gozadíssimas. Dussek também aposta numa reciclagem de seus maiores sucessos como Nostradamus, Cantando no Banheiro, Doméstica e Rock da Cachorra em releituras atuais, mostrando que a maioria deles continua falando de verdades e preocupações do nosso do dia a dia, com muito humor.

O roteiro do show inclui também canções românticas como Aventura (“luz de velas”) e Cabelos Negros, (ambas do seu repertório), e uma interpretação cool de uma pérola de Rita Lee, em recriação inspirada, que inevitavelmente faz a plateia cantar junto. No final, o público, via de regra, deixou seu estresse de lado e embarcou nessa viagem energizante e festiva com o show-man carioca.

A apresentação em Resende é uma produção da By Brasil com apoio cultural do restaurante Parada do Milho, Chusquea Paisagismo e Pousada Arboretum (Penedo). A bilheteria do Teatro Salesiano será aberta no dia do show a partir das 17h.

 

SERVIÇO

Show com Eduardo Dussek

Teatro Salesiano – Resende

Rua Mário Periquito, 111 – Jardim Jalisco

Ingresso: R$80,00 (inteira) – Promoção de meia entrada para todos por R$40,00

Classificação indicativa: 14 anos