Assistência Social recebe doações para vítimas das chuvas

Empresários, entidades, universitários do UBM e alunos do Colégio Baldomero Barbará criam frentes para arrecadar doações

A Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de Barra Mansa recebeu na manhã desta quarta-feira (10) uma expressiva doação para as vítimas das chuvas. Trata-se de 11 toneladas de água mineral entregue pelo Grupo Mil. A campanha de arrecadação para as vítimas das chuvas iniciada na última segunda-feira (08) também tem a adesão de outros grupos privados e entidades, como o Supermercado Royal e o UBM (Centro Universitário de Barra Mansa). Alunos do Colégio Estadual Baldomero Barbará não ficaram de fora e deram uma grande lição de solidariedade e cidadania. Através das redes sociais se mobilizaram e organizaram a arrecadação de alimentos, calçados, roupas e materiais de limpeza.

Segundo a secretaria de Assistência Social, Ruth Coutinho, a Rutinha, o órgão atendeu 35 famílias desalojadas, totalizando 165 pessoas. “Fizemos o atendimento na segunda, terça-feira e na manhã desta quarta-feira. Contabilizamos 114 adultos, 18 idosos, um deficiente e 32 crianças. Há outras famílias atingidas pelas chuvas, mas que não demandam pelos nossos serviços, pois conseguem se recompor sem o nosso auxílio”, detalhou a secretária, ressaltando que a Defesa Civil do Estado do Rio enviou para o município colchões e kits Enchente, contendo travesseiro, cobertor e fronhas.

Rutinha disse ainda da importância da solidariedade entre as pessoas. “A situação é delicada e exige um olhar diferenciado com o próximo. É tratá-lo da maneira como gostaríamos de ser tratados. Estamos muito agradecidos a essas entidades e aos alunos e universitários, que estão junto com a gente nessa ação”, disse Rutinha.

Lícia Adanete de Lima, 72 anos, moradora do bairro Nova Esperança, é uma das pessoas que buscou ajuda da prefeitura. A aposentada se encaminhou até a sede da Secretaria a fim de auxiliar o filho de 42 anos, que sofre de depressão profunda. “Ele perdeu tudo com as chuvas da noite do último domingo. A água levou a cozinha e o banheiro da casa. Ele está dormindo no chão. Para uma mãe, isso dói muito”. A secretaria fez o cadastro do filho de Lícia para atendê-lo.

Atitudes que fazem a diferença

Uma empresária do ramo da moda de Barra Mansa, que preferiu não ser identificada, fez questão de fazer a sua doação. “Gostaria que nunca ninguém precisasse dessas doações, pois isso representa a existência de pessoas passando por situação de extrema necessidade. Mas, a vida é assim e temos que fazer a nossa parte”, ressaltou.

Atitudes de bem também fizeram parte da iniciativa das alunas Gabriela Botelho, 18 anos, do 3º ano, e de Esther Reis Rezende, 16 anos, do 2º anos. Elas se uniram e por meio das redes sociais realizaram uma campanha de arrecadação de donativos. “A gente vê algumas tragédias acontecendo e por estarem distante, geograficamente, não ajudamos diretamente. Desta vez foi diferente. As chuvas atingiram nossos parentes, amigos e até desconhecidos, mas moradores da nossa cidade. Assim, organizamos a atividade e graças Deus os resultados foram super positivos”, explicaram as estudantes.

A professora de biologia Jéssica Mota Barbosa explicou que todo o empenho foi dos alunos e que a unidade só abraçou a causa. A diretora do CEBB, Regina Dorneas Messias, afirmou que é muito gratificante presenciar a atitude dos alunos. “Ao longo do ano, trabalhamos o Projeto Bem Querer. Essa foi a oportunidade de colocar em prática conceitos, como o respeito e o cuidado com o próximo. É fazer o bem na prática”.

A vice-prefeita Fátima Lima acompanhou o movimento de arrecadação organizado pelos alunos. “Diante de tanta tristeza provocada pela dor de quem perdeu tudo, temos a alegria de ver jovens envolvidos numa ação tão importante como essa”, concluiu.

ARRECADAÇÃO – A Secretaria de Assistência Social segue com a campanha de arrecadação pelo menos até a próxima sexta-feira (12). Um caminhão está estacionado próximo à Praça da Matriz durante todo o dia para receber as doações. Quem quiser doar móveis, colchões e eletrodomésticos deve entrar em contato com a secretaria pelo telefone (24) 3322-8098. A própria Secretaria vai ate o local buscar a doação.